segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Guerra aos Cravos


Alguém viu essa reportagem de algumas semanas atrás da Zero Hora? Bom, pra quem não viu, eu trouxe para colocar aqui no blog.


Pontinhos pretos no nariz são supercomuns, tanto em mulheres quanto em homens, e cada um faz o que pode para se livrar deles.

Esfoliantes, ácidos e limpeza de pele - eis alguns dos recursos mais usados para eliminar os cravos. O problema é que, cedo ou tarde, os danados voltam. Na verdade, os pontinhos podem ser resultado de dois tipos de problemas. Os de ordem interna surgem das secreções das glândulas sebáceas associadas à escamação da pele, o que acaba obstruindo os poros.

- A pele precisa de hidratação, e o organismo produz água e óleo para deixá-la umectada. Algumas pessoas têm uma desordem na glândula, e o sebo acaba se acumulando e obstruindo a saída - explica a esteticista Malu Honda.

Já os de ordem externa costumam ser resultado do uso indevido de produtos. Por exemplo, de sabonetes inadequados para um pele naturalmente oleosa.

- O cravo não é um bichinho, é só uma obstrução. quando olhamos no microscópio, dá para ver a bactéria que é reponsável pela acne, mas é só - garante a dermatologista Tania Vilela.

Os cravos também são considerados acnes de grau um - a espinha nada mais é do que um cravo que o organismo entendeu como algo estranho e, por isso, o encapsulou, começando um processo inflamatório. Portanto, sem tratamento, cravos tendem a "evoluir" para essas formas mais dolorosas. O nariz costuma ser a parte mais afetada.

Para cortar o mal pela raiz, ou seja, o surgimento de obstruções, o ideal é manter a pele livre do excesso de oleosidade.

- São bem-vindos esfoliantes leves, sabonetes específicos, tônicos que equilibrem a pele - adstrigentes para a oleosa e minerais para a seca. E, claro, o protetor solar - ensina a esteticista Malu.

Se a ponta do nariz estiver repleta de pontinhos, pode ser feitro o uso de ácidos (para os casos severos) e de esfoliantes (para os mais leves).

- A limpeza de pele deve ser feita apenas por profissionais, usando uma máquina ou as mãos mesmo, o importante é que o lugar seja limpo e esterilizado, para evitar infecções - explica Tania.

Ela esclarece que não é indicado tentar espremer os cravos em casa, pois a pele aberta é alvo fácil para infecções. Depois do tratamento, se o rosto permanecer sem limpeza diária, os cravos tendem a voltar em um mês.


Legal né, gente?

Beijos, Dani

Nenhum comentário:

Postar um comentário