segunda-feira, 30 de julho de 2012

Para uma Maquiagem Perfeita

Conseguir uma pele de musa de pintura clássica e fácil, é rápido, não tem grandes mistérios. Você só precisa dominar sete passos - seis básicos, se for mais apressadinha, e um mais avançado, se estiver animada para a coisa

(Fonte: Revista Lola Magazine)

Uniformize o Fundo
1 - Sempre use hidratante antes do make
Uma pele seca, sem hidratação, absorve rapidamente a água da maquiagem e fica com uma aparência craquelada e artificial. A pele hidratada tem textura uniforme, portanto recebe melhor a base e o corretivo. "O hidratante dá luminosidade, cria uma espécie de barreira epidérmica que evita irritações que o produto pode causar na pele, explica a dermatologista Solange Teixeira.

2 - Aplicar o primer depois do hidratante
Ele é um complemento na preparação da pele. Sua textura suave e incolor absorve o óleo em excesso, dá um aspecto matificado, disfarça rugas finas e poros abertos. Deixa o rosto lisinho e pronto para receber a maquiagem.

Cubra Imperfeições
3 - Usar corretivo para cobrir as áreas mais difíceis de serem disfarçadas
Aplique uma fina camada com os dedos, ou com a ajuda de um pincel, nas olheiras, na aba do narz, no canto da boca (onde costumam aparecer veias vermelhas)e em pequenas manchas e cicatrizes", explica o maquiador Saulo Fonseca, de São Paulo. Para um aspecto mais natural, evite aplicar na pálpebra superior, onde ficaria a sombra ou o delineador. Nessa área, use apenas o primer. Existem 3 tipos de corretivo: o cremoso (caneta), que é mais suave e leve, indicado para quem precisa de menos cobertura; o pastoso, que traz uma camada mais densa, para cobrir imperfeições acentuadas; e em bastão que, apesar de ser prático, deve ser usado com cautela. Ele é mais concentrado em pigmentos, portanto há o risco de exagero, de uma aparência falsa.

Jogo de Luz e Sombra
4 - Usar base não só para disfarçar manchas e uniformizar a pele, mas também para dar dimensão ao rosto
Sempre agite a embalagem para qe o produto misture bem. Não molhe o pincel diretamente no pote, mas derrame uma pequena gota em uma suerfície lisa. Assim é mais fácil controlar a quantidade. Com um pincel, espalhe a base a partir da região das olheiras, distribuindo por todo o rosto.

5 - Depois de passar a base, usar uma outra, com um tom mais escuro, para fazer um jogo de luz e sombras e evitar o efeito gueixa.
Suavemente, marque têmporas, maçãs e maxilar, fazendo uma espécie de número 3 nas laterais do rosto. Isso vai definir as linhas dando a impressão de um rosto mais magroe fino. "Escolha uma base dois tons mais escura do que a habitual. Use um pincel para esfumar a transição das duas cores na pele", explica o maquiador Paulo Filatier.

Grande Finale
6 - Caneta iluminadora afina o nariz, levanta a sobrancelha e marca as maçãs
Escolha um tom mais claro que o habitual e aplique uma pincelada nas partes altas do rosto: ossinho logo abaixo das pálpebras inferiores; entre as sobrancelhas até a ponta do nariz (em um risco só); na região acima e abaixo das sobrancelhas. Com um pincel de esfumar, faça com que o iluminador se misture à base (já na pele, hein?).

7 - O blush dá aquela corzinha saudável à face
Aplique com um pincel em direção as têmporas. Os tons pêssego ou alaranjado costumam funcionar para todas as peles - em maior ou menor quantidade. "Se a pele for muito clara ou se a ideia é trazer um ar mais saudável e jovial à aparência, aplique um tom mais rosado apenas no começo das maçãs, próximo ao nariz", explica o maquiador Paulo Filatier.

Beijos, Dani

Nenhum comentário:

Postar um comentário